MST Sergipe realiza marcha comemorativa ao 25 de julho

MST Sergipe realiza marcha comemorativa ao 25 de julho

 

Em comemoração ao Dia dos Trabalhadores/as Rurais hoje dia 25 de julho, o MST - Movimento Sem Terra celebrou com uma grande marcha percorrendo a capital Sergipana. A caminhada saiu do trevo da entrada de Aracaju até o Centro da cidade.

A caminhada contou com a participação de cerca de 20.000 (vinte mil) trabalhadores Sem Terra de assentamentos e acampamentos de diversas regiões do Estado.

Durante a marcha os Trabalhadores entregaram uma pauta com as reivindicações.

Para a liderança Sem Terra o objetivo da marcha é homenagear o trabalhador rural, aquele que produz para toda população, e aproveitamos para cobrar aos governos Dilma e Deda estruturas no campo: terra, casa, lazer, ATER, credito, escola e produtos sem agrotóxico, disse Esmeraldo Leal.

Os Sem Terra também denunciaram o uso de agrotóxico via aérea por avião nas proximidades de Assentamento Reforma Agrária.

Os Trabalhadores Sem Terra, sobretudo os acampados trouxeram faixas solicitando do judiciário bom senso.

O deputado e Sem Terra “a desapropriação de terra no Brasil é lento e quando o INCRA vistoria uma área e é constatada improdutiva quando e encaminhada para decreto fica la anos e para piorar juízes concede a imissão de posse, depois o próprio pede a suspensão da mesma, isso esta acontecendo na fazenda Atalho/Curimatãs em Pacatuba, as famílias estão assentados desde do inicio de 2011, agora esses dias receberam ordem de reintegração de posse” falou João Daniel.   

Por Petrônio da Silva